Se você pensa que pode, você está certo

“Se você pensa que pode ou se pensa que não pode, de qualquer forma você está certo”… Henry Ford.

As crenças são resultados de todas as idéias que você viu, ouviu, viveu ou concluiu e se tornaram verdade absoluta para você. Quanto mais você crê naquela ideia mais real ela se torna. Nossas atitudes são reflexos de nossas crenças. As consequências também. Portanto precisamos refletir nosso modo de enxergar a vida para podermos atingir o que desejamos. Começar a acreditar é o primeiro passo.

São 3 tipos de crenças

Crenças hereditárias

São as crenças herdadas dos nossos pais ou sistema familiar. O conceito que temos sobre relacionamento, dinheiro, regras, traições, justiça foram concebidas na infância. E estas crenças moldam nossos comportamentos. Alguns exemplos de frases que ouvimos quando criança que ficam marcadas em nossa vida “você é burro”, “você não faz nada direito”, “você deixa tudo pela metade”, “você nunca vai conseguir ser alguém”, “tem que seguir o exemplo do seu irmão”, “assim você vai ficar sozinho” .

Crenças adotadas

São as crenças populares impostas pela mídia ou pela sociedade que adotamos no decorrer da vida. Alguns exemplos são “dinheiro não traz felicidade”, “todo mundo é corrupto”, “o sucesso é para poucos”.

Crenças experimentadas

São as crenças criadas a partir da experiência individual.  Se você foi mandado embora ou não passou no vestibular, pode desenvolver a crença de que não é capaz. Se terminaram o namoro com você, pode acreditar que nunca ninguém vai gostar de você. Exemplo de frases: “todo homem não presta”, “nunca vou conseguir passar”, “já passei por isso não vai funcionar”.

4 categorias

1- Crenças Limitantes sobre MERECIMENTO.

O sujeito acredita não ser merecedor de qualquer tipo de felicidade, por algum motivo ele crê que deve viver com pouco ou nada porque não é digno de possuir mais do que isso.

2- Crenças Limitantes  sobre CAPACIDADE.

Muitas pessoas acreditam que não são capazes, sentem-se incapazes para dirigir um carro, trabalhar em um emprego diferente ou ter o próprio negócio.

3 – Crenças Limitantes sobre IDENTIDADE.

As pessoas que vivem em conflito de identidade, não sabem que são.

Exemplo: “Não sou inteligente, não sou bom com mulheres, não sei me relacionar em grupo, sou gordo nunca vou emagrecer, não sou o tipo de pessoa que atrai atenções”

4 – Crenças Limitantes sobre LUTA.

Esse tipo de crença está  relacionado como o entendimento que as coisas boas devem ser de difícil acesso, isto é, para realizar um sonho, o sujeito acredita que precisa passar por muitas dificuldades, exemplo: “só se consegue algo trabalhando duro”, “deus ajuda quem cedo madruga”, “não é possível viver do que se ama”.

Ângelo Anunziato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s